O que faria a sua vida melhor?

Quando reunimos pela primeira vez para a definição do nome do blog, já sabíamos que a ideia principal, seria falar sobre assuntos relacionados a tudo que poderia transformar a nossa existência. Então, diversas ideias foram colocadas em jogo, mas nenhuma realmente agradou, até que, em um consenso geral da equipe, foi resolvido que “Para uma vida melhor” seria a única opção viável para abordar todos os assuntos que temos em mente. Enfim, o que faria a sua vida melhor?

Saúde e bem-estar?

A saúde, com toda certeza é um ponto a ser lembrado quando esperamos que nossa vida seja melhor. Para que possamos realizar as atividades do dia a dia, nós necessitamos estar saudáveis. Outro fator que tem um peso bastante importante é o nosso bem-estar, e cada pessoa sabe muito bem como atingir este objetivo, seja morando em um local confortável, ficar próximos de amigos e familiares queridos, viajando ou até mesmo relaxando em uma tarde de sol.

Dinheiro?

Não podemos negar que o dinheiro ainda é ponto essencial para que nós possamos atingir alguns objetivos. Mas será que ele é ponto principal para uma vida melhor? Não temos a intenção de ser falsos moralistas aqui no blog e criar um texto gigante sobre como o dinheiro não é importante e generalizar que todos as pessoas que tiveram e tem a oportunidade de ter bens não são felizes. Temos que ser realistas e entender que muitas coisas que podem nos dar prazer e qualidade de vida, infelizmente, ainda depende do dinheiro, todavia, não podemos colocar a grana como ponto principal, temos que manter sempre o equilíbrio.

Autoconhecimento

Muitas pessoas entram em uma onde de conhecer a sua verdadeira essência , com a intenção de ficar de cara com a sua verdadeira personalidade. Será que é o caminho para uma vida melhor? Se estamos buscando o que realmente necessitamos para ser feliz, poder encontrar o que realmente a sua mente, corpo e alma deseja pode ser o trajeto correto. Diante da imensidão de possibilidades, grande parte dos envolvidos nesta busca pode se perder no caminho e acabar escolhendo atividades que não irão agregar valor nenhum a sua intenção. Está claro que este processo é fundamental para nossa existência, então o essencial é fazer um estudo prévio para não perder tempo nesta jornada.

Amor

O amor pode ser algo muito subjetivo, pois existem mil formas de interpretar este sentimento, que pode nos enriquecer de coisas boas, mas pode trazer alguns imprevistos. Partindo do princípio do “amor bom” , não podemos negar que a grande maioria das pessoas necessitam de afeto na vida, seja o beijo de um pai, o abraço do irmão e até um elogio do amigo, então será que ele é indispensável para uma vida melhor? Este é um tópico que não deve-se aprofundar, pois é algo muito único a cada indivíduo, mas vale o pensamento.

Qual a conclusão?

Que pergunta intrigante, será que devemos chegar a uma conclusão para tudo? Ainda mais para questões filosóficas de cunho existencial? E a resposta que consigo trazer agora é NÃO! Não temos respostas, a vida é cheia de desafios e mudanças, o que hoje fazia todo sentido, amanhã já não faz parte do nosso ser. Acredito que o que faria a sua vida melhor, seria aceitar que parafrasear um ensinamento budista que diz: Nada é fixo nem permanente .

Este artigo, como dito na introdução, teve a intenção de abrir os caminhos para os próximos artigos do nosso blog, onde iremos trazer temas relacionados a tudo que pode nos fazer bem ( Saúde, dinheiro, amor, bem-estar..), sempre trazendo um questionamento sobre a realidade da vida e dos fatos cotidianos.

1 comentário

  1. Responder

    Hi, this is a comment.
    To get started with moderating, editing, and deleting comments, please visit the Comments screen in the dashboard.
    Commenter avatars come from Gravatar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado